Correu tudo muito bem

Entrevista ao grande Campeão Europeu do Men’s Physique, Alexis Gonzalez

28.05.2015

Ganhou a medalha de ouro no seu próprio país, que é o sonho de todo o atleta. Desde quando tem estado à espera de uma vitória como esta?

A verdade é que nos últimos 14 anos da minha vida tenho estado a tentar realizar o máximo possível, para ser sincero isto é muito mais do que o que eu poderia ter imaginado. Como mencionou na sua pergunta, é um sonho tornado realidade. Um sonho que muitas pessoas trabalham arduamente para concretizá-lo, não sei se tão arduamente quanto eu, só posso dizer que eu realmente trabalho muito todos os dias da minha vida, sem exceção.

Esperava ganhar uma medalha de ouro na categoria geral também?

Nem por isso, também não pensei que pudesse obter o título absoluto. Na verdade, o meu objetivo era repetir a final na minha categoria e tentar ultrapassar ou pelo menos igualar o terceiro lugar do ano passado.

Qual foi a parte mais difícil durante esta preparação?

Sinceramente, foi quando nos foi dito que a minha categoria seria adiada para o dia seguinte devido a um erro da organização do evento. Estava perfeitamente preparado e essas horas extras, acompanhando até ao fim, desgastaram-me mais do que o esperado. Mesmo assim, correu tudo muito bem.

Que BioTechUSA usou durante a sua preparação?

Iso Whey ZERO, 100% BCAA, Daily Pack, Omega 3, CLA 400, 100% L-Glutamine, Desert, claro (meu produto hehe), L-carnitine 1000, Q10 Coenzyme, HMB 3000, Calcium Zinc Magnesium e 100% Creatine Monohydrate.

Teve o seu bebezinho consigo no palco na cerimónia de medalhas. Foi planeado ou foi apenas um momento espontâneo?

Totalmente inesperado!

Não sabia que eles iam trazer o meu pequeno, quando o vi nas mãos do juiz, pensei "Oh meu Deus, não tenho a certeza se vou ser capaz de levantar-me, com todas estas emoções". E o meu coração batia ainda mais rápido do que quando ouvi meu nome quando ganhei o título, ou quando os fiz tocar duas vezes o hino nacional do meu país. É algo que irá ficar na minha memória para toda a minha vida como um dos meus dias mais felizes…

Como se sentiu durante todo o fim de semana? Como era o ambiente?

Se quer dizer antes da competição, estava muito descontraído. Tive uma preparação muito minuciosa e instruções muito claras do meu treinador, nada podia correr mal no que dependesse de mim, foi tudo cuidadosamente calculado. Cozinhei as minhas refeições no meu quarto com um parceiro, longe das tentações do buffet do hotel, caminhei, li um livro, ouvi música enquanto olhava para mar, um pouco isolado, mas focado no meu objetivo.

Após obter o título, recebi um monte de cumprimentos, agradecimentos, depois fui tomar uma refeição com a minha companheira, o meu filho, o meu treinador, a sua filha e a sua esposa, com os troféus em cima da mesa, foi um grande momento. Quando cheguei a casa, fiz o mesmo com a minha família e amigos mais próximos. Passei a noite inteira sem dormir um único minuto por causa da adrenalina e emoções vividas nesse dia…

No dia a seguir à sua vitória, fez uma sessão de cardio. Não precisou de algum descanso?

Para mim é uma necessidade fisiológica assim como comer, dormir, ou respirar durante o treino. Eu não tinha feito nenhuma atividade durante alguns dias para estar plenamente preparado e cheio de energia. Além disso, sentia-me tão excitado que foi ótimo libertar e livrar-me de toda a tensão, não o fiz por estratégia na minha preparação, mas por puro prazer, e deixo aqui a frase que tantas pessoas gostaram…

…Ontem  conquistámos a Europa, mas o mundo é grande demais para relaxar por tanto tempo! Hora do Cardio ha ha

Quais são os seus planos para o resto do ano?

Bem, isto fez-me mudar completamente os planos: estava à espera das competições nacionais, etc. ou do Olympia, que ocorre no nosso país. Mas seguindo o conselho do meu treinador e por motivos pessoais, uma vez que o casamento do meu irmão vai ser uma semana antes do Olympia, acho que na vida devemos separar as coisas que realmente importam e os momentos únicos de competição.

Eu nunca me perdoaria se não me permitisse desfrutar desses momentos realmente importantes da vida dele. Por causa disso, antes de ganhar em Santa Susana, decidi dar prioridade ao dia mais importante da vida do meu irmão em vez do campeonato, mesmo sendo uma boa ocasião, e ser no nosso país…  então é por isso que decidimos possivelmente não reaparecer até ao Arnold Classic Madrid, e de lá, encadear vários torneios internacionais e, se eu tiver a oportunidade e conquistá-la na pré-seleção, competir para o Campeonato Mundial em Budapeste em novembro!

(Photo: team-andro.com)


O que melhorarias neste artigo?




O conteúdo podia ser...





Cancelar

GOSTAS DESTE ARTIGO?