O que há de verdade sobre os supressores de apetite?

Se você alguma vez considerou tomar supressores de apetite, não faça isso! Esses produtos não têm impacto algum e existe um motivo para sentirmos fome.
24.06.2019

O que há de verdade sobre os supressores de apetite? - BioTechUSAOs supressores de apetite normalmente são suplementos dietéticos que prometem perda de peso de uma forma que, por causa da redução do apetite, você comerá menos. Na maioria das vezes, são pastilhas contendo fibras, que, embebidas em água no estômago, incham e nos saciam. Como resultado, você começa a se sentir mais cheio e não quer comer mais. Existem determinados produtos cujo objetivo é normalizar o apetite através da otimização do nível de açúcar no sangue. Parece ser uma solução simples para dificuldades relativas à perda de peso, mas, se o problema do apetite pode ser resolvido tão facilmente, por que ainda existem pessoas acima do peso por aí afora? Como funcionam os comprimidos supressores de apetite? Tomar um único comprimido para perder peso é realmente o suficiente? Por que temos que suprimir nosso apetite? O que há de verdade sobre os supressores de apetite?


Por que você está sentindo fome?

Sentir fome é o indicativo que o cérebro dá para que haja ingestão de algum alimento devido às necessidades do corpo.

Há diversos fatores motivacionais que fazem com que o cérebro indique que estamos com fome. Pode haver também falsos sinais, ou seja, aqueles momentos que não precisamos da energia ou do teor de vitaminas e minerais dos alimentos, mas, por algum motivo, o cérebro ainda envia um sinal. Esses estímulos podem ser pratos de dar água na boca mostrados em publicidades ou cheiros maravilhosos vindos de uma padaria ou restaurante. Porém, é possível também ter esses sinais em caso de estresse ou falta de sono suficiente. Se o cérebro tiver um motivo para dar esse sinal, presume-se que o corpo precisa de algo. Podemos também ter esses tipos de sinais quando o nível de açúcar no sangue estiver baixo demais no estômago ou a pressão arterial não estiver correta. Não temos necessariamente de estar famintos para sentir fome. Por exemplo, se comemos carboidratos simples em demasia, o corpo reage liberando insulina e, como resultado disso, os açúcares em nosso sangue são transferidos às células. Por isso, o nível de açúcar no sangue cairá apesar de você ter comido há pouco tempo. Ainda haverá fome embora o corpo não esteja carente de energia. É assim que a diabetes pode se desenvolver a longo prazo. Mas um comprimido supressor de apetite é eficiente no caso de todos esses sinais?

Relação entre treinamento e fome - BioTechUSA

Relação entre treinamento e fome

Muitos consultores recomendam a prática de exercícios físicos caso você queira perder peso. Sim, é uma ótima ideia, mas a prática de exercícios em si não resultará em perda de peso, a menos que você preste atenção à dieta. Exercitar significa uso de energia adicional, que pode ser útil ao tentar perder peso, desde que você não coma além das calorias gastas na atividade física. O corpo solicitará a energia gasta e, se ele for ouvido, você comerá muito mais e não haverá perda de peso. Caso comece a se exercitar com regularidade, você tem que considerar também que o corpo exigirá nutrientes extras para regeneração. Portanto, há necessidade de mudanças na dieta. O uso da quantidade suficiente de proteínas é fundamental para a regeneração dos tecidos musculares. Os carboidratos são a melhor solução, mas para suplementação da energia exigida. No entanto, o que realmente importa é qual tipo de carboidrato está sendo ingerido. É preciso também prestar atenção à ingestão de vitaminas e minerais por causa da transpiração; caso contrário, você ficará cansado e enfraquecido com mais facilidade; por isso, não haverá tantos impactos benéficos da atividade física.

Ao iniciar as atividades físicas, é necessário ter certeza de que há sempre quantidade suficiente e nutrientes de qualidade no corpo; caso contrário, você tem que contar com a possibilidade de sentir fome e, como resultado, há chance de consumir muito mais comida após o treino do que é realmente necessário!

É de fundamental importância que se defina conscientemente a meta e siga a dieta de forma apropriada!

 

Supressores de apetite

Como se pode ver, há diversos motivos por trás da fome. Da mesma forma, obesidade tem diversos motivos também, os quais podem ser físicos ou mentais. Obesidade ou sobrepeso é causado claramente pelo fato de que muitos alimentos são ingeridos acima daquilo que o corpo pode realmente utilizar e são armazenados na forma de gordura. Isso significa que comemos mais do que precisamos. Mas por que estamos comendo mais? É porque nosso apetite está maior? Não necessariamente.

Pessoas que comem devido a questões de estresse ou de emoção não comem muito porque o apetite é grande, mas sim porque essa é a forma de se livrar do estresse. Se houver questões hormonais por trás dos falsos sinais de fome, a causa-raiz ainda permanecerá mesmo se eliminarmos os sintomas. Isso significa que a supressão de nosso apetite não significará uma solução de longo prazo também nesse caso.

Os supressores de apetite são projetados para funcionar com base em um princípio que, devido ao teor de fibras, eles incham no estômago e nos intestinos e deixam o corpo sem absorção.

Sim, mas o que ocorre com os nutrientes úteis? Infelizmente, eles não serão absorvidos também durante esse processo. Por absorverem água, você se desidrata com facilidade, o que é um problema por causa da desidratação, que pode resultar em dor de cabeça, secura de pele e, no que diz respeito ao efeito subsequente, o corpo solicitará os líquidos perdidos; por isso, em seguida, haverá muito mais absorção, o que levará a retenção significativa de água. O equilíbrio incorreto de água pode causar problemas no sistema cardiovascular também, mas, ao se exercitar, você terá que lidar com as desvantagens disso. Caso você fique mais cansado, exausto e enfraquecido, quer dizer que não está hidratado de forma apropriada.

Em vez de tomar comprimidos, faça a dieta correta e queime gorduras - BioTechUSA

Em vez de tomar comprimidos, faça a dieta correta e queime gorduras

Se você montar a dieta de forma correta e também segui-la, são menores as chances de ficar com fome ou de aumento do apetite. A dieta ideal inclui ao menos cinco refeições. Os nutrientes necessários são distribuídos uniformemente entre as refeições em uma quantidade exigida baseada no peso corporal. Todas as refeições devem conter a quantidade apropriada e os carboidratos, proteínas e gorduras de qualidade. Além disso, temos que prestar atenção à ingestão de minerais e vitaminas no decorrer do dia. Ao utilizar fontes de carboidratos de liberação lenta, é possível evitar altos picos de insulina que levarão a uma sensação de fome em seguida. Há diversos produtos para suplementação dietética, que são de fato muito eficientes e úteis. A L-carnitina é uma delas, pois faz com que o corpo utilize os ácidos graxos liberados durante o exercício como energia; além disso, existem também produtos para suplementação dietética que normalmente contêm cafeína com um impacto termogênico, sendo que o objetivo deles é acelerar o metabolismo, garantindo assim maior queima de calorias. Não esqueça que é possível fazer muita coisa para perder peso, não apenas o ajuste da dieta, mas também a prática de atividades físicas. É necessário treinar pelo menos três vezes por semana. Porém, o melhor é que é possível variar e fazer treinos de força também, caso você se exercite e seja ativo todos os dias.

Não importa qual produto para suplementação dietética está sendo utilizado, o importante é pensar sobre o mecanismo de ação associado com o produto em questão para definir se você realmente precisa ou não dele. Se quiser ter bons resultados na perda de peso, isso não acontecerá por causa de uma pastilha ou comprimido, mas sim por causa de perseverança, força de vontade e equilíbrio apropriado de energia. Se não existe motivo para fome relacionada à quantidade insuficiente de nutrientes – por exemplo, você sabe que não dormiu muito ou está estressado – beba bastantes líquidos (chá verde, por exemplo) e consuma alimentos que ajudarão a dar saciedade com mais rapidez. Se estiver em dieta e ficar com muita fome, você pode comer alimentos de baixas calorias, como frutas ou uma barra de proteínas. É possível ter um shake de proteínas a qualquer momento, que dará saciedade rapidamente e reduzirá também o desejo por doces. Algumas amêndoas podem ser uma boa escolha também, mas não exagere porque, embora elas contenham muitos ácidos graxos bons, é fácil comê-las em demasia, o que aumentará bastante a ingestão de calorias. Caso goste muito de especiarias, você pode também ralar gengibre no chá ou comê-lo puro, pois ele tem um impacto benéfico no nível de leptina supressora de apetite.


O que melhorarias neste artigo?




O conteúdo podia ser...





Cancelar

GOSTAS DESTE ARTIGO?